Enfeite seu coração! Automaticamente estará enfeitando você! Heloísa Lugão

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Sonhos, cada um com o seu

Alguns dias atrás minha grande amiga Grazi veio me perguntar o que eu faria se eu tivesse um grande sonho. Na hora eu pensei, pensei e respondi "não sei, acho que correria atrás do meu sonho. Ah não sei, nunca fiz isso. Não tenho sonho pessoal, sonho que depende só de mim. O sonho que eu tenho depende de outra pessoa...que é casar, tem uns 3 filhos, morar numa casa com quintal e jardim e cheia de varanda. Então amiga não sei o que fazer...ah corre atrás."

Depois dessa nossa conversa fiquei com a pulga atrás da orelha: como assim eu não tenho sonho? Que pessoa eu sou que não tenho sonho? Será que alguém normal não tem sonho? Será que eu tenho sonho e ainda não sei? Será que eu tenho um sonho, sei dele e tenho preguiça de ir atrás dele?

As perguntas só aumentavam e eu enlouquecendo já, então resolvi deixar pra lá e esperar  um dia o meu tal sonho despertar.


E ontem aconteceu a festa junina do meu trabalho e em resumo, de última hora fui escalada para dançar. Era uma apresentação de novos talentos e eu e um colega do trabalho fomos designados a isso. A equipe nos ajudou e escolhemos a música "Você não vale nada mais eu gosto de você- Calcinha Preta". Fizemos um ensaio que deu no máximo 30 minutos e fomos nos apresentar. Ele é bom de dança e de teatro rs.

Nossa apresentação foi uma mistura de teatrinho com dança e ganhamos o 1º lugar!!!  :)
Como eu sou nova lá no meu trabalho, muita gente me conheceu a partir de ontem e os elogios surgiram ontem mesmo. Muitos nos elogiaram, pensaram que o ensaio foi longo coisa que não foi. Mas os elogios que mais me chamaram atenção foi os do tipo: "você faz dança ou teatro ne? se não faz já fez!" e a resposta foi "não!". "Menina tá despediçando talento, vai procurar uma cia de teatro e de dança" "nossa como você dança bem, você é ótima". E desde ontem a minha cabeça não para de funcionar pensando nisso.

Eu sempre pensei: nossa eu não sou boa em nada! Mas ontem eu vi que sou boa em alguma coisa e ontem a resposta das perguntas que coloquei no inicio no post apareceu: sim eu tenho um sonho, de fazer teatro ou dança, mas sempre fui acomodada e sempre quis tudo de mão beijada.

Não, eu não achei a resposta devido aos elogios. Todos os testes vocacionais que faço só dá algo ligado a artes. Já fiz vários testes para entrar numa escola de teatro aqui em Vitória e passei em todas as seleções que eu fiz mas abandonei por ser contrariada e não querer bater de frente, e não querer lutar pelo o que eu realmente quero. Meu pai acha que eu preciso ser Advogada, aliás é o sonho dele, queria muito poder realizar o sonho dele...mas não é o meu, é o sonho dele. Eu sempre gostei muito de coisas ligada a Artes, mas por não ter quem fosse ao teatro comigo, em exposições eu simplesmente sozinha também não ia. E fui me deixando levar pelo mar. Trabalho em um ambiente bacana mas não é o que eu gosto. Estudei um curso bacana, que dá retorno, mas não é o que eu gosto.



Depois disso tudo tomei uma decisão: correr atrás do meu sonho. Fazer o que tiver que ser feito, bater de frente quando for contrariada, me dedicar para mostrar que estou levando a sério, e por ai vai. Mas ai o comodismo gritou: você não acha que já está bem velhinha pra isso (tenho 24 anos)? Não acha que está bem gordinha pra isso? Agora não tem mais seleção na escola de teatro e dança, e você agora não está com dinheiro pra isso! E assim foi, arrumando desculpas e mais desculpas para mais uma vez deixar isso de lado. Só que agora não, agora as coisas são diferentes e se não for vai ser. Chega de fazer o que os outros querem, chega de não ter sonho e personalidade, chega de ser vazia, chega de futilidade, chega de ser acomodada e ter tudo na mão...chega. Tá na hora de crescer, de ser adulta, de se descobrir (eis que eu começei a me conhecer tem 1 ano, lá no blog borboleta), de ter personalidade, garra e lutar por aquilo que realmente quer. Chega e adulta, adulta, adulta.

As perguntas do comodismo, de desistir logo antes de começar eu já arrumei respostas. Como agora eu estou sem dinheiro devido alguns eventos sociais eu só vou poder começar as aulas de dança depois do dia 20/08 e enquanto isso vou pegar pesado no regime para começar um pouco mais magrinha. Já procurei saber com uma colega que faz dança uma Companhia bacana, ela já me indicou, já perguntei o preço, os dias...já corri atrás, coisa que é um grande avanço. E nisso conversando com ela eu perguntei o que ela me indicaria e ela me indicou Jazz. Eu já tinha ouvido falar mas nunca fui la no You Tube procurar ver o que é. Genteee, na hora me arrepiei: é o estilo de dança que sempre quis mas nem sabia o nome da dança...nada. E como eu sou movida a um estimulo, decidido: parar de brincar com o regime, pegar pesado, parar de gastar e fazer dança agora em agosto ainda e final do ano tentar de novo o teste na escola de teatro.


E quanto eu ser velhinha para isso eu não tô nem ai, vou correr atrás do que eu quero porque minha felicidade depende só de mim e mais ninguém e ninguém será feliz por mim!!

E você tem sonhos? Já correu atrás de algum sonho?



5 comentários:

รяª Nathalia disse...

Admiro sua atitude, você está velha coisa nenhuma.
Eu deixei "tudo" de lado e segui a carreira de musicista, toco flauta transversal aproximadamente 6 anos, de inicio meu pai estava achando que era só por curtição e agora ele vê que é meu trabalho.
Foi difícil e está sendo, mais o meu amor pela musica fala mais alto.
Quando você começar a se apresentar ( olha eu prevendo o futuro), a sensação de estar no palco é único, você olha as pessoas aplaudindo, vem aquela sensação, Putz, Graças a Deus, persistir e estou aqui.
Força ai, mulher.

Flor de Lótus disse...

Oi,Helô!Querida eu vi uma reportagem dia desses de uma dançarina em Buenos Aires que as bailarinas dela tem mais de 60 anos,então fiá nunca é tarde demais pra começar e olha que bom que tu descobriu que é isso o que tu quer se tu não conseguir ganhar grana com isso pelo menos poderás ter um hobby maravilhoso.Porque tu sabe né no Brasil artes é praticamente viver a margem é muito difícil ganhar grana com isso,mas nem por isso tu deve desistir.Vá a luta,cria,mesmo que ninguém mais acredite,creia em si mesmo,és muito mais capaz que imaginas ser.Beijão

Daniii disse...

Helo, passando pra conhecer seu novo cantinho!!

Esta mto lindo viw...

Pensando em atualizar o meu tbm, mas a cabeçinha ta vazia... rs!

Bjos Lindona!

Anônimo disse...

Arrazou amiga!!!!!
Você tem sonhos, eu tenho sonhos... todos temos sonhos...
e nunca é tarde para realizar...
Você tem meu apoio sempre... para tudo...

AMOSEMPRE# S2
GRAZI!!!!

Aline Viana disse...

Cada ser é o dono de sua história.
Cada um está na fase de vida que deveria estar.
A idade que você tem hoje, outros já tiveram ontem e outros terão amanhã.
Então, será que existe idade para sonhar?
Acho que não!
Sonhe e corra atrás. Não deixe para depois o que se pode fazer hoje.