Enfeite seu coração! Automaticamente estará enfeitando você! Heloísa Lugão

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Que desespero é esse???

Essa é a pergunta que venho me fazendo de uns tempos pra cá. Medo de ficar sozinha? Medo de ficar pra titia? Medo de ficar em minha própria companhia? Bem eu não sei, só sei que as perguntas são diversas e a resposta...nenhuma.

No começo quando fiz o blog do Borboleta eu era a neurótica que sofria com um amor meia boca. No meio do blog eu já estava mega bem e tranquila e agora volto a ser a louca, desesperada, neurótica. É minha gente, blog novo, vida um tanto novo, mas problemas velhos.


O que me deixa feliz diante disso tudo é que dessa vez o desespero bate mas ainda tenho cautela com as coisas. O desespero da solidão bate e eu ainda estou pé no chão. Não estou me "jogando" pra cima de qualquer um. Não beijo mais qualquer um, coisas que infelizmente já fiz várias vezes.

O problema é o seguinte: estou há 7 meses solteira e sozinhaaaa. Sim, sozinha sem luz no fim do túnel, sem nenhum amiguinho para ir ao cinema, passar o sábado a noite comigo. E eu estou sentindo falta dessas coisas de casal. Minha vida mudou muito e eu cresci também (já era hora né?!). Hoje tenho responsabilidades que antes não tinha, hoje eu penso mais em sair para uma balada e gastar meu tão suado dinheiro. Penso em fazer minha prova da OAB em dezembro e passar. Percebi que a vida de adolescente que só quer sair e curtir já passou.

Mas também tem o outro lado: eu quero encontrar alguém, mas não tô muito afim de ir a procura não. Meus programas mudaram. Agora é final de semana com os amigos fazendo churrascos (a maioria dos meus amigos são casados, noivos ou namorando). Passar um final de semana em casa lendo, vendo filme, fazendo minhas bijus ( agora virei artista também rs). Que aqueles programas de curtição, pegação já se foram.

O melhor de tudo nesse desespero todo ( sim, sempre tem o melhor lado) é que eu ainda estou pé no chão e que não é mais qualquer um que me tira de casa para dar um volta e rolar uns beijinhos. Agente sempre tem alguém no pé da gente, eu também tenho e modéstia a parte tenho 3, mas junta os 3 não dá nem 1 inteiro. 3 no meu pé, que não batem, que já vacilaram comigo, e agora que eu não quero estão ai atrás. E eu não vou sair da minha casinha para me encontrar com eles por carência, por desespero. Porque simplesmente não bate, não tenho mais vontade. E é daí que vem meu medo....de não achar alguém que bate, alguém que só de olhar eu veja que é um cara que combina.


Acho que meu desespero é só um: querer apaixonar, mas como eu sou exigente...tem que ser recíproco, porque se não me desanima. Sinto falta de gostar de alguém e ser correspondida.

Confeso que até antes de escrever este post estava com apenas perguntas e agora já consigo visualizar algumas respostas. E foi por isso que resolvi voltar para o blog, para encontrar respostas que eu "sozinha" não encontro.

Mas na verdade mesmo o que quero e preciso é só de uma coisa: equilíbrio!!!






4 comentários:

Flor de Lótus disse...

OI,HelÔ!eu sei como tu te sente porque me sinto assim também nem queria um relacionamento mega sério,só queria companhia,alguém pra sair,tomar uma cerveja,conversar,sair pra dar uma volta por ai,mas não dá pra desesperar tem uqe ter muita paciência e muito jogo de cintura pra aguentar a solidão.
Beijossss

รяª Nathalia disse...

Tu perdeu a senha do outro blog? kkk Acontece.
Vish, tenho duas amigas que vão casar e eu fico me perguntando, onde
vou encontrar um homem desse, não pra casar, mas que esteja disposto a me amar.

Deve ser carência.

Nana disse...

Por isso que eu amo escrever, as coisas ficam mais claras quando lemos nossos pensamentos. No momento, estou com alguém mas posso te garantir que ser sozinha também é td de bom pq vc pd fz o que quiser, qdo quiser e nao precisa dar satisfação pra ng. Fora que tb economiza...kkkkk. Bj e fk c Deus.

Daniii disse...

Eh Helo, nem sempre ter um relacionamento é tudo, as vezes é mto complicado... mas tudo na vida tem os dois lados neh... as vz sinto falta de estar sozinha e fazer o q der na telha, ou simplesmente não fazer nada... mas sei q tbm não consigo ficar mto tempo sem ter alguem pra tomar um sorvete juntos e andar de mãos dadas... Dificil viw!